Recomendado por ninhasouma

ninhasouma
Uma fic com um enredo maravilhoso e muito bem bolado. Complexo em sua série de acontecimentos e na essencia do que seriam os personagens, mas, simples o suficiente para a leitura fluir de uma forma assustadoramente cativante. Nesta fic Sakura continua sua saga sem perder as características que tanto amamos na personagem. Aliás, na fic como um todo os personagens mostram-se bastante fidedignos aos originais não causando o estranhamento que as vezes temos ao ler uma fic que continua a saga original. Outro detalhe que chama atenção é o cuidado que temos aqui. Não só o português está muito bom, como tem-se sempre uma introdução ao capítulo, uma prévia do próximo capítulo, uma imagem condizente com o mesmo e até atualizações regulares. Enfim, pacote completo. Super recomendo!
VAMOS FAZER UMA “VIAJEM”?

Saia desse capítulo que não te pertence! Jamais escreva “viajem” como uma aventura; escreva “VIAGEM” com “G”. Viajem só existe como verbo: “talvez eles viajem” ou "não viajem hoje". Assim, o verbo “viajar” sempre tem “J”: eu viajo, tu viajas, ele viaja...

(1) À VONTADE / (2) AVONTADE / (3) A VONTADE

(1) "À vontade" demonstra a maneira da ação, mostra que ela foi feita comodamente. -> Ex: Podem ficar à vontade.
(2) WAT? "Avontade" non ecziste!
(3) "A vontade" pode ocorrer nos demais casos. Ocorre quando NÃO se demonstra o modo da ação. -> Ex: A sua vontade sempre era mais forte que a sua razão.
Obs.: "à-vontade" também existe, e é um substantivo masculino. Ou seja, quase sempre, estará precedido por um artigo masculino (o, um) e é o nome que se dá ao sentimento de se sentir à vontade. -> Ex: O à-vontade dele me deixava perplexo.

Recomendado por K_chan

K_chan
a historia é maravilhosa, encantadora, cativante. pela leitura dela você sente tudo o que os personagens estão sentindo no momento. a autora é simplesmente maravilhosa o sentimento que ela transmite. quem ler com certeza vai se encantar e se viciar de um jeito inesplicavel. uma obra totalmente apaixonante