Recomendado por Ingrid Fonseca

Ingrid Fonseca
Quando comecei a ler Brooklyn, 1980 me imaginei nos anos 80. A autora ou autor, escreve cada detalhe perfeitamente que mesmo com os olhos abertos você consegue ver e sentir cada palavra que ela ou ele descreve com pura atenção aos pequenos detalhes. E a cada palavra você tem vontade de ler mais e mais.
(1) AO INVÉS / (2) EM VEZ

(1) Significa “ao contrário de” -> Ex.: Ao invés do que previu a professora, ele passou de ano.
(2) Significa “no lugar de” -> Ex.: Em vez de jogar futebol, preferimos ver animes.

PARA "MIM" FAZER

O pronome "mim" funciona sempre como objeto de uma ação, ou seja, é sempre aquele que recebe uma ação, por assim dizer. Dessa forma, a colocação adequada do pronome na frase acima seria "para eu fazer", tendo em conta que "eu vou fazer" alguma coisa, ou seja, vou realizar uma ação. Reparem a diferença entre:
1. Isso é muito difícil para mim.
2. Era para mim ir lá.
Na primeira frase, o "mim" funciona como objeto, ou seja, ele está sofrendo uma ação, não está fazendo nada, a colocação do pronome está correta; já na segunda frase, a colocação adequada do pronome seria "era para eu ir lá", porque, nesse caso "eu" é sujeito, ou seja, eu deveria estar praticando a ação de "ir" lá.
Ficou claro?

Recomendado por Ingrid Fonseca

Ingrid Fonseca
Quando comecei a ler Brooklyn, 1980 me imaginei nos anos 80. A autora ou autor, escreve cada detalhe perfeitamente que mesmo com os olhos abertos você consegue ver e sentir cada palavra que ela ou ele descreve com pura atenção aos pequenos detalhes. E a cada palavra você tem vontade de ler mais e mais.