Recomendado por SatineHarmony

SatineHarmony
Homophobie é uma história incrivelmente dinâmica e versátil - é difícil acreditar que essa fanfic tem apenas treze capítulos, levando em consideração o quão emocionante e surpreendente ela foi. O enredo é imprevisível e "movimentado" - várias coisas acontecem de repente, mas não há aquela sensação de apressado nem rápido demais - a história é contada num ritmo perfeito, com os temas sendo incluídos na narrativa nos momentos certos, para não assustar nem confundir o leitor. O desenvolvimento foi muito bem calculado - nenhuma vez eu pensei "Hm, esse capítulo é enche-linguiça, a lovemachine está enrolando os leitores" -, é preciso prestar atenção a cada detalhe, porque todos os capítulos contêm informações vitais para o entendimento da história. A escrita... Bom, a escrita da lovemachine é simplesmente única. Ao decorrer da narração há algumas perguntas retóricas dirigidas ao leitor, e isso foi uma tática genial da parte dela. Eu me senti ainda mais envolvida à história graças a isso, e essa técnica também transmitiu a descontração que Hakuren, Teito e Mikage têm naturalmente, como personagens. A escrita da autora evoluiu muito durante a história, e eu adorei observar a sua evolução - as descrições aprofundaram-se, especialmente em momentos tensos, onde é mais necessário as informações das emoções sentidas pelos personagens. A caracterização dos personagens foi algo de babar de inveja. Um dos erros mais comuns em fanfics hoje em dia é os garotos serem maduros demais para a idade, ou serem muito femininos (afinal de contas, na maioria das vezes a escritora é uma garota), já a lovemachine conseguiu encontrar a justa-medida entre esses dois termos, mostrando o trio principal se divertindo de uma forma aceitável para sua idade, e ao mesmo tempo ela soube quando colocá-los sérios. Homophobie merece um ponto extra pelas informações culturais contidas nela - isso mostra o quanto lovemachine quis ser verídica ao descrever principalmente a locação da fanfic - a Alemanha -, e ela foi incrivelmente realista, sem cometer gafes como personificar alemães com costumes brasileiros. Homophobie é o tipo de fanfic que rouba o brilho das outras pela sua trama realista, escrita envolvente e personagens sem um pingo de OOC. Vale a pena conferir.
(1) MAS / (2) MAIS

(1) “Mas” indica uma ideia contrária, sendo substituído por “porém”. -> Ex: Frequentava a faculdade, mas era vagabundo.
(2) “Mais” é o contrário de “menos”; então, basta substituir por “menos” para ver se está correto. -> Ex: eu preciso de mais farinha. (= de menos farinha)

ISSO IMPLICOU "NA" SUA MORTE

Quando o verbo significa "ACARRETAR", não se deve utilizar a preposição "EM" (no caso do título, "NA" é a junção de "EM + A"). Assim, se implica algo, não se implica em algo.
-> Ex. certo: As leis implicam acidentes.
-> Ex. errado: As leis implicam em acidentes. <- ISSO NON ECZISTE!

Recomendado por Marinyah Moonlight

Marinyah Moonlight
Por mais que ela ainda não tenha um final, eu considero esta estória uma das melhores. Eu me animei bastante com ela e amei a protagonista, Anlu, mas eu também tive muita pena dela :'( Além disso, a fic faz crossover de dois animes que eu gosto, 07-Ghost e Shugo Chara. Recomendo para aqueles que gostam de ação ^^