Recomendado por Demetrriiia

Demetrriiia
A historia gira em torno de uma menina que vai morar com os tios, mas logo tem que ir para um internato, nesse internato ela se depara com varias coisas. Tem muitos momentos engraçados, envolver ate o slender kkkkkk, achei muito boa essa fic, e espero que outras pessoas gostem tambem, achei ela ate que perfeitinha,então espero que voce leiam e goste assim como eu.
"FAZEM TRÊS ANOS..."

Saia desse capítulo que não te pertence! O verbo “fazer”, indicando tempo (sentido de “haver”: Há três anos) não varia. Então -> FAZ TRÊS ANOS.

VAMOS FAZER UMA “VIAJEM”?

Saia desse capítulo que não te pertence! Jamais escreva “viajem” como uma aventura; escreva “VIAGEM” com “G”. Viajem só existe como verbo: “talvez eles viajem” ou "não viajem hoje". Assim, o verbo “viajar” sempre tem “J”: eu viajo, tu viajas, ele viaja...

Recomendado por Uzumaki Gustavo

Uzumaki Gustavo
Como fanwriter e fã de carteirinha de Rosario+Vampire, e de histórias de vampiros e entes sobrenaturais em geral, posso afiançar que deparar-me com esta inusitada fanfic magistralmente escrita pelo "vampirólogo" Caesarean Tolledus foi como encontrar a tão proverbial "pérola de alto preço". Como já foi ressaltado antes, por outros admiradores, uma fanfic baseada em Rosario+Vampire, em português, constitui-se em "avis rara"; e uma que seja de boa qualidade, então, nem se fala. Ora, "O Sangue da Lua Escarlate" não apenas preenche com galhardia tais requisitos, mas, ainda, acrescenta uma dimensão totalmente nova ao universo ficcional criado por Akihisa Ikeda, e que lhe cabe como uma luva, por se tratar de uma história de vampiros: o terror. Esta releitura dark de Rosario+Vampire é de longe a melhor obra inspirada no anime/mangá em questão que já li, em língua portuguesa, e certamente não fica a dever absolutamente nada às que tive oportunidade de conhecer em outros idiomas (inglês e espanhol). Não seria exagero declarar que, em matéria de terror e horror, clima sombrio e trágico, "O Sangue da Lua Escarlate" supera mesmo o mangá original, feito por Ikeda, que, a meu ver, carece de tais elementos, por ser voltado primordialmente a um público mais "aborrecente"; mas "O Sangue da Lua Escarlate" é uma história mais séria, adulta. Enfim, pode-se dizer que Caesarean Tolledus reinventou Rosario+Vampire. Imperdível e inesquecível, altamente recomendável não só para os fãs do mangá e anime, como de histórias de terror sobrenatural em geral.