Recomendado por Adrielle

Adrielle
Talvez você duvide que uma junção de universos tão diferentes possa dar certo, e eu não te culpo até pois, na primeira vez que li a sinopse e vi as categorias, fiquei tipo: "isso é loucura", mas olha... NÃO É! A Moon é uma escritora incrível, a forma como as palavras dela vão te instigando a ler mais e mais é surreal. Ela escreve de forma que sentimos na pele o que os próprios personagens estão sentindo, e parece até que estamos assistindo de tão bem feita que é a narrativa. Quanto ao enredo? Absolutamente sem nenhum defeito, sério! Tudo casadinho, e cheio de reviravoltas, alternando entre cenas de dramas adolescentes que amamos e cenas de ação que não nos deixam nem piscar! Sério, todo mundo - que conhece pelo menos um pouquinho dos universos - deveria dar uma chance a "Precisamos um do outro". É uma narrativa emocionante e empolgante demais para não ser lida.
(1) COM CERTEZA / (2) CONCERTEZA

(1) Assim se escreve. Ok, perfeito.
(2) WAT? Isso non ecziste!

"PROLONGO"

Aquela introdução da história que costumamos fazer, antes de iniciar os capítulos, se chama PRÓLOGO e não
PROLONGO ou PROLÔNGO. PROLONGO é o verbo "prolongar" conjugado na 1a pessoa do singular no presente do indicativo, e PROLÔNGO nem existe. O ser do mal que usou essas duas últimas palavras para nomear o "prólogo" terá de prestar contas com o Senhor no dia do Juízo.

Recomendado por Adrielle

Adrielle
Talvez você duvide que uma junção de universos tão diferentes possa dar certo, e eu não te culpo até pois, na primeira vez que li a sinopse e vi as categorias, fiquei tipo: "isso é loucura", mas olha... NÃO É! A Moon é uma escritora incrível, a forma como as palavras dela vão te instigando a ler mais e mais é surreal. Ela escreve de forma que sentimos na pele o que os próprios personagens estão sentindo, e parece até que estamos assistindo de tão bem feita que é a narrativa. Quanto ao enredo? Absolutamente sem nenhum defeito, sério! Tudo casadinho, e cheio de reviravoltas, alternando entre cenas de dramas adolescentes que amamos e cenas de ação que não nos deixam nem piscar! Sério, todo mundo - que conhece pelo menos um pouquinho dos universos - deveria dar uma chance a "Precisamos um do outro". É uma narrativa emocionante e empolgante demais para não ser lida.