Recomendado por YunoChan

YunoChan
A história tem um ótimo enredo, tem ótimos capitulos, a linguagem parece ser mais ligada ao dia a dia. Personagem legais, e fatos parecidos com o cotidiano, mas algumas partes são estranhas, amos os casais, amo os acontecimentos, a descrição doa fatos da vida da Sofia, acho que os fãs de histórias originais e boas historia vão adorar esta aqui... Recomendo para todos os amantes da leitura
VAMOS FAZER UMA “VIAJEM”?

Saia desse capítulo que não te pertence! Jamais escreva “viajem” como uma aventura; escreva “VIAGEM” com “G”. Viajem só existe como verbo: “talvez eles viajem” ou "não viajem hoje". Assim, o verbo “viajar” sempre tem “J”: eu viajo, tu viajas, ele viaja...

(1) DE MAIS / (2) DEMAIS

(1) Só usamos "de mais" quando se opõe a “de menos” na expressão “não tem nada de mais”. -> Ex: Não fiz nada de mais!
(2) Nos outros casos, quando pode significar “muito, bastante” ou “o restante”, devemos usar "demais". -> Ex 1: Comeu demais. Ex 2: Os demais devem retornar amanhã.

Recomendado por YunoChan

YunoChan
A história tem um ótimo enredo, tem ótimos capitulos, a linguagem parece ser mais ligada ao dia a dia. Personagem legais, e fatos parecidos com o cotidiano, mas algumas partes são estranhas, amos os casais, amo os acontecimentos, a descrição doa fatos da vida da Sofia, acho que os fãs de histórias originais e boas historia vão adorar esta aqui... Recomendo para todos os amantes da leitura