Recomendado por DanyellaRomanoff

DanyellaRomanoff
Olá, leitora nova aqui! Decidi recomendar logo porque não vejo motivo para não fazê-lo, é super merecida! Começei a ler na hora de ir pra cama, a intenção era 3 capítulos e iria dormir mas resultei ficando vidrada na fic até altas horas e até o último cap. E cara, adorei tudo na história, as referências de músicas da Lana colocadas nas falas e narrações de forma sutil, uma escrita simples e que te faz refletir todas as sensações das personagens e devo ressaltar de novo, adoro de paixão o encaixe das músicas na história. Sou alucinada por Playing Dangerous, já me conquistou bem aí. É como ler uma biografia da vida íntima de Lizzy Grant na era que inspirou as letras de Born To Die e outras unreleaseds da vida. A história tem bastante Lana e o melhor, a Carmen (adorei isso também) - personagem que a representa - está em ótimas mãos. E pra finalizar, meu senhor, a tensão sexual rola solta aqui, quando digo que a leitura é de se saborear, falo em todos os sentidos meeesmo :3 Devorem!
(1) COM CERTEZA / (2) CONCERTEZA

(1) Assim se escreve. Ok, perfeito.
(2) WAT? Isso non ecziste!

(1) OLHAR / (2) VER

(1) Olhar indica estar atento para ver enquanto (2) ver significa perceber pela visão.
Ou seja, "ele olhou com atenção" é redundante.

Recomendado por DanyellaRomanoff

DanyellaRomanoff
Olá, leitora nova aqui! Decidi recomendar logo porque não vejo motivo para não fazê-lo, é super merecida! Começei a ler na hora de ir pra cama, a intenção era 3 capítulos e iria dormir mas resultei ficando vidrada na fic até altas horas e até o último cap. E cara, adorei tudo na história, as referências de músicas da Lana colocadas nas falas e narrações de forma sutil, uma escrita simples e que te faz refletir todas as sensações das personagens e devo ressaltar de novo, adoro de paixão o encaixe das músicas na história. Sou alucinada por Playing Dangerous, já me conquistou bem aí. É como ler uma biografia da vida íntima de Lizzy Grant na era que inspirou as letras de Born To Die e outras unreleaseds da vida. A história tem bastante Lana e o melhor, a Carmen (adorei isso também) - personagem que a representa - está em ótimas mãos. E pra finalizar, meu senhor, a tensão sexual rola solta aqui, quando digo que a leitura é de se saborear, falo em todos os sentidos meeesmo :3 Devorem!