Recomendado por Nameless

Nameless
Não tem como não ter gostado da história!De verdade... É uma coisa que dá pra imaginar as cenas sem muito esforço. Não preciso de mais motivos para recomendar a história apenas esse: A-D-O-R-E-I!!
VAMOS FAZER UMA “VIAJEM”?

Saia desse capítulo que não te pertence! Jamais escreva “viajem” como uma aventura; escreva “VIAGEM” com “G”. Viajem só existe como verbo: “talvez eles viajem” ou "não viajem hoje". Assim, o verbo “viajar” sempre tem “J”: eu viajo, tu viajas, ele viaja...

(1) MEXA / (2) MECHA

(1) Do verbo mexer, lê-se com o "e" forte (mêxa). -> Ex: Não mexa na minha bolsa.
(2) Relacionado ao cabelo, lê-se mécha. -> Ex: Eu pintei apenas uma mecha do meu cabelo.

Recomendado por Isa Cat

Isa Cat
Ao ler essa historia você reconhece o valor que o amor tem não importa se é entre dois homens, mostra que quando amamos de verdade fazemos sacrificios, fazemos loucuras, mostra que não devemos nos arrepender de nada não importa a circunstância, mostra a importância de amar um outro alguém. Resumindo essa história lhe tirará lagrimas inesplicáveis e buscará um sentimento profundo que mora dentro de você.