Recomendado por Lika Trevas

Lika Trevas
História linda de maravilhosa kkkkkkkkkk de inicio estranhei um pouco quando vi que envolvia The Walking Dead e Twilight! Juro que pensei "Isso não vai dar certo", mas comecei a ler e qual não foi minha surpresa? Uma história maravilhosa que reúne personagens tão diferentes de um modo tão igual, e não teve como eu não me apaixonar por ela. Uma Bella totalmente diferente do "convencional" forte, determinada, em busca dos irmãos, acaba se juntando ao grupo de sobreviventes no meio da loucura do Apocalipse Zumbi. Começa a sentir e provocar sentimentos confusos em um certo caipira kkkkkk o qual dispensa comentários pois Daryl é o Daryl né? Leiam você não vão se arrepender e corram também pra ler a continuação que sei que também vai ser PERFEITA :)
(1) VIR-ME-EI / (2) VIREI-ME

(1) Do verbo “vir”, está conjugado no futuro. -> Ex: vir-me-ei até ti.
(2) Do verbo “virar”, está conjugado no passado. -> Ex: eu virei-me para ela.
Na dúvida, use a informalidade de colocar o pronome antes do verbo (= me virei).

"_ VAMOS EMBORA! _ DISSE ELE."

Epa, epa! Para indicar a fala de um personagem, use aspas ( " " ) ou travessão ( — ). -> Ex. CORRETO: "Vou escrever uma nova fic" disse a autora. (Observação: Não escreva com as duas ao mesmo tempo, ou alternando entre uma e outra. Escolha um desses sinais e o use durante toda a fic. E não se esqueça de que são usados para marcar o começo e o final da fala!)
Logo, não use underline ( _ ) ou asterisco ( * ) para indicar uma fala ou ação. -> Ex. ERRADO: _Vou escrever uma nova fic_ disse a autora.
Também pode-se usar o discurso indireto. -> Ex. CORRETO: A autora disse que iria escrever uma nova fic.
Não misture em um só parágrafo discurso direto e indireto.

Recomendado por NandaNascimento

NandaNascimento
Acho que você nunca encontrou um autor tão vida louca quanto a Dixon Girl! Porque de início a OC me enjoou tanto que pensei seriamente em larga a fic, mas ela me CONQUISTOU. Rá! E quem disse que agora aguento ficar sete dias sem ver a história de Natalie e Daryl??? Não dá meu povo! Tô viciada em LifeLine e se você ainda não leu está perdendo a coisa mais maravilhosa de toda a sua vida. A história é tão bem construída que sinto que o Kirkman entregou pra autora diva a verdadeira história do Daryl. Gente pega o lencinho, o chocolate, o abanador (porque a história é quente meu povo!) E vem ler LifeLine!