Recomendado por RdSnow

RdSnow
Eu comecei a ler a historia e amei mesmo éstou recomendado por que a historia e otima muito eu me sinto dentro da historia,a autora e muito divertida,eu acho fofo o amor do altaïr e do malik que fofo,gostei tambem da olivia e do connor eles combinam muito,mas fiquei triste quando ela foi embora e quando o malik perde o braço,e achei lindo quando o altaïr beijo ele.acho o ezio engraçado so de pensar da vontade de rir kkkkkkkk,e o desmond não da pra falar por que ele quase não aparece.adorei a fic,os personagens,a autora.esses são meus motivos pra recomendar essa historia linda e maravilhosa.parabens bjs
(1) ACENTO / (2) ASSENTO

1. É o tom de voz ou o sinal gráfico (^, ´, `). -> Ex: o acento é esquecido por alguns escritores.
2. É o lugar para se sentar. -> Ex: Não havia assento no ônibus.

(1) PRESCREVER / (2) PROSCREVER

(1) Prescrever é receitar ou perder a validade. -> Ex 1: Para o tratamento das minhas alergias, o médico prescreveu banho frio. Ex 2: O prazo de validade dos remédios já prescreveu.
(2) Proscrever significa banir, abolir, expulsar. -> Ex: No meu tratamento, o banho frio foi proscrito.

Recomendado por GilCAnjos

GilCAnjos
Com menos de quatro mil palavras, é uma história bem breve, mas isso não quer dizer que ela não contenha tudo de que uma reflexão sobre Assassin's Creed precisa. Martinho Lutero, uma figura relevantíssima para a história da Renascença - e da religião -, é muito bem representado nesta fanfiction, e com razão: o pensamento do Luteranismo tem tudo a ver com o Credo dos Assassinos, e o autor deixa isso bem claro no diálogo entre Ezio e o monge. A contextualização histórica, aliás, é profunda o suficiente para se perceber que Goldfield realmente entende do assunto, buscando a maior imersão possível para a história. E, de fato, a descrição histórica se iguala apenas à que se lê nos romances oficiais da série Assassin's Creed. Em suma, uma one-shot excelente, cujo impacto no leitor é bem maior do que seu número de palavras.