Segundas-feiras

Segundas-feiras

Segunda-feira era dia de esquecer o quão entendiante a vida parecia ser. Era dia de suéter azul-marinho, de bagunçar a casa, beber café adoçado, ler para alguém mais além das paredes e das plantas. Segunda-feira era dia de amar mais intensamente.

Segundas-feiras são tão mudas quanto a canção leva o teu nome.
Classificação 18+
Extremamente Popular Drama Lemon Romance Yaoi Songfic Amizade
Izabell Hiddlesworth

Sinopse

Notas adicionais

Autor
Izabell Hiddlesworth


Classificação 18+
Tags: Extremamente Popular Drama Lemon Romance Yaoi Songfic Amizade
Livro concluído
Publicado em 8 de jul. de 2015 18:27
Atualizado em 20 de jul. de 2015 14:24
17.211 palavras

Sky Poet
Me impressionou como uma simples pesquisa, como uma rápida "googlada" procurando uma fic para me livrar do tédio das férias, me fez encontrar algo tão surpreendentemente marcante. Essa narrativa envolvente; a história curta, uma leitura de uma hora e meia; o pano de fundo real e eloquente; o drama, mascarado por uma pequena história de amor. Cada capítulo, como se já não bastasse ser rico em questão de vocabulário, me deixou ávido por mais até que eu me sentisse vazio, LOUCO por uma continuação ao final de Segundas-Feiras. As palavras fluíram do texto para mim, me prendendo, me fazendo querer mais. Os personagens lembrando-me dos meus amigos mais próximos, tornando a aventura ainda mais pessoal, ainda mais íntima. Embora curta, e embora simples em primeira instância, essa pequena narrativa foi algo que me prendeu instantaneamente. A ideia de um amor proíbido já me parecia o suficientemente convidativa, mas o plot, a mensagem implícita por trás de seu texto, foi o que mais me cativou. Pois a autora explorou - e muito bem - o conceito de efêmero, nos fazendo refletir sobre o que queremos para nós mesmos. Se vale a pena, no final, nos ancorarmos à metade de um sentimento superficial em vez de dar valor àquele que merece ser correspondido.
sabrinavilanova
Eu defino essa história em uma única palavra: Apaixonante.

A narrativa é curta e envolvente, te faz entrar na cabeça do personagem. É uma história para ser lida e relida milhares de vezes. Segundas-feiras é baseada em uma das melhores músicas de Esteban Tavares do mesmo nome, ela me surpreendeu, realmente; não esperava sentir as mesmas coisas (e mais algumas) que senti escutando a música e toda vez que a ouço, volto a ler essa história magnífica.
Acompanhar o "sofrimento" do Leandro foi, com certeza, maravilhoso. É uma história de saudades, tanto para o personagem, quanto para o leitor. E por isso, sempre que ouço a música, volto aqui, porque sinto muita falta dessa fic.
Essa história serve, principalmente, para pessoas viciadas em outras babacas. Serve para você, que tá na foça por causa de um término. E serve pra você, que quer uma história envolvente e memorável- com uma música de fundo- que faz seu coração pesar e te faz sorrir.
Segundas-feiras são chatas, mas Segunda-feira é apaixonante.

"Quando eu te peço pra esquecer é porque eu quero te fazer lembrar, de tudo o que passou"
Clara Taveira
Se você quer uma história pra se sentir literalmente dentro dela, pra conseguir ver os cenários e os personagens no deu dia-a-dia e ter aquele feeling de realidade, leia Segundas-feiras porque é esplêndida nesse quesito. De bônus você leva fortes emoções, uma narrativa/escrita descomplicada, afiada e incrível e um enredo pra querer carregar pra casa e cuidar com todo amor e carinho. Apaixonante mesmo.