Harry Potter e a Neta de Voldemort

Harry Potter e a Neta de Voldemort

Reupada e reescrita.

Sabrina Vandon Lair tem quinze anos, e já sofreu o bastante de perda neles do que a maioria dos adolescentes de sua idade. Sua mãe, seu pai, seu namorado. Há um padrão em todas elas: Lord Voldemort. E ela quer vingança!

Harry Potter é a única esperança do mundo bruxo, mas parece que qualquer batalha que ele deve lutar, ele tem que fazê-lo no escuro. Alvo Dumbledore, e Sirius Black não parecem dispostos a lhe responder todas suas perguntas, então ele vai ter que descobrir sozinho... mesmo que se depare com um segredo que não pensou ser possível...

Morgana Lakelady Summers tem um nome e uma história de família que pode mudar tudo o que os bruxos adolescentes de Hogwarts tem como certo. Seus segredos só não são mais misteriosos do que sua existência: Quer dizer que desde o começo ela estava na Grifinória e desde o começo acompanhava o Trio Maravilha a distância? Porque?

Fred Weasley nunca pareceu se preocupar muito com nada. Sua vida se resume a inventar formas de detonar o castelo e qual será a próxima vítima de suas zoeiras, ou de seus galanteios. Mas quando uma garota aparece e se mostra capaz de girar seu mundo 180º, o que o ruivo fará, e até onde irá?

Novos amores, novos casais, novos personagens, e uma outra forma de se contar uma mesma história, com uma aventura e mistério maiores, e mais maduros. Quando há caminhos e trilhas diferentes para trilhar, e a ajuda se vem de onde nunca se soube, o que a Ordem da Fênix e Harry Potter farão?

— Você não tem coração.
— Mas já tive um dia, e amei minha filha e meu marido.
— Vôcê nunca teve coração mulher.
(...)
— Me larga.- Sibilou o garoto, a dor na cicatriz dilacerando-o.
— Não, ainda não.
— Você quer me matar? Então faz logo essa merda!
— Primeiro você vai sofrer, sofrer muito, depois eu te mato. - O sorriso maníaco lhe daria pesadelos, acaso ele já não estivesse em um.
(...)
— Você... gosta dele?
— Não! - Ela respondeu rapidamente.
— Ah, que bom! - Ele sorriu parecendo muito satisfeito. - Bom, você ainda pode dançar um pouco comigo não é? Um par é só um par...
(...)
— ...Harry. - Terminou ela respirando profundamente.
— Espere, o que? – Ele deixou escapar, como um ganido, enquanto a olhava de orbes arregalados. Mais assustado do que satisfeito, na verdade.
Quer dizer, ela havia dito Harry e eu te amo numa mesma frase, não havia? Ele havia ouvido direito?
Seu coração disparado parecia bombear tanto sangue que ele respirava pesada e rapidamente, em lufadas grandes para dar o oxigênio de combustível. E um leve formigar tomava conta da ponta dos dedos que tocavam a curva do maxilar da menina...Os lábios dela estavam cerrados agora, mas pareciam tão rosados e macios, e volumosos e bons para que ele prendesse nos dentes...

Pré Ordem da Fênix.
Thaty Shinoda

Sinopse

Notas adicionais

Autor
Thaty Shinoda


Classificação 16+
Livro concluído
Publicado em 10 de abr. de 2015 15:33
Atualizado em 22 de nov. de 2016 18:29
119.669 palavras

Nada para exibir