Goodbye

Capítulo 4


“Emm, sei o que está sentindo, mas, se ela o abandonou, a única que está perdendo alguma coisa é ela.” Falei depois de cinco minutos de silêncio enquanto esfregava seu braço. “Você é um cara doce e divertido, qualquer garota teria sorte de ter alguém como você.”

“Bells, do que você está falando?” Nós nos olhamos.

“Eu.. eu pensei que você estava triste porque Rosalie..”

“Fugiu com Edward.” Ele completou. “Não, não é isso.” Esperei ele continuar. “Fui eu quem pediu o divórcio.” Tudo bem, agora nada mais faz sentido.

“Você..?”

“Quando saímos de Forks, Bells, muita coisa mudou nessa família. Todos tentaram agir normalmente, tentaram fingir que estava tudo bem. E eu sabia que não estava, não consegui fingir que não estava quebrado por dentro. Rosalie e eu já estávamos tento problemas há um tempo, mas na época eu não entendia por que. Afinal, ela era minha alma gêmea.” Ele disse um pouco amargo. “Quando viemos para cá.” Ele gesticulou. “Entendi o que estava errado, Rosalie não era minha alma gêmea. Por isso pedi o divórcio, não era justo com ela.” Ele levou alguns segundos para colocar seus pensamentos em ordem.

“Você não vê, Bells?” Ele sorriu. “Eu me apaixonei em Forks. Por uma garota incrível.” Meu coração afundou quando vi como seus olhos brilharam ao mencionar a tal garota. “Quando nos mudamos não consegui parar de pensar nela. Em seu sorriso doce, na sua maneira de falar, tão inocente e ingênua...” Ele sorriu. “Ela é uma verdadeira preciosidade...”

“Estou muito feliz por você Emm.” Minha voz tremeu e me levantei. “Estou mesmo, de verdade. Ela é uma garota de sorte.” Dei-lhe as costas para entrar na casa, mas ele segurou minha mão.

“Isabella.” Ele disse com aquela voz sedutora. “Você é a garota, eu te amo.” Meu coração perdeu uma batida. Ele segurou meu rosto em suas mãos e me deu o mais delicado dos beijos. [Ia parar por aqui, mas seria maldade. A/n]

Emmett não era nem um pouco cuidadoso como Edward, mas era mais suave, natural. Cedo demais ele quebrou nosso beijo e encostou a testa na minha com um grande sorriso estampado no rosto, os olhos brilhando.

“Você não sabe quanto tempo eu esperei para fazer isso.” Sorri e ele me abraçou, enterrando o nariz em meu pescoço. “Deuses, Bella, tive tanto medo de te perder.” Seu hálito frio me fez cócegas. “Quase a perdi por causa daquele bastardo egoísta...” Ele murmurou.

“Na verdade, Emm, Edward não teve nada a ver com minha decisão.” Ele me olhou por alguns segundos.

“Ah não, Bella, por favor, me diga que não é verdade.” Ele sentou puxando os cabelos.

“Sinto muito, Emm.” Na verdade, não sentia, porque sem esse episódio só Deus sabe se estaríamos juntos agora. “Eu sempre senti algo forte por você, mas você tinha Rosalie e Edward estava lá...” Ele colou os lábios nos meus, me impedindo de continuar.

“Só nunca mais me assuste dessa maneira, quase tive um ataque cardíaco.” Ele disse, pontuando cada palavra com um beijo. Eu ri e ele me puxou pela cintura para dentro de casa.